MS ATUAL

Suspeita de integrar “quadrilha do chapéu”, mulher é presa em táxi

Com diversas passagens por tráfico de drogas e ameaça, foi presa nesta sexta-feira, dia 22 de novembro, Fabiana K.A.S, de 34 anos, integrante do grupo criminoso que ficou conhecido como “Quadrilha do Chapéu” após onda de assaltos a comércios, de Campo Grande. A prisão aconteceu no município de Corguinho.

De acordo com a Polícia Civil, Fabiana, que possuía mandado de prisão em aberto pelo crime de tráfico de drogas, estava dentro de um táxi a caminho da Capital, quando o veículo foi abordado por investigadores do GOI (Grupo de Operações e Investigações).

Segundo o site Campo Grande News, a abordagem aconteceu próximo ao Km 11 da rodovia MS-080. Presa, a mulher foi conduzia para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro de Campo Grande.

Ação

Com armamentos de guerra, os assaltos praticados pela quadrilha do chapéu eram planejados por Antônio Júlio, que morreu durante confronto com militares do Batalhão de Choque, na noite do último domingo (17). O confronto aconteceu em Rochedo, a 74 quilômetros da capital.

As investigações chegaram até a formação da quadrilha por meio de dois endereços que estavam em um papel dentro do veículo Polo, usada pelo grupo nos crimes.

Outras mortes

Na madrugada do dia 10 de novembro, outros dois integrantes da quadrilha, Valdecir Valchak, 31 anos, e Dilermando César Pereira de Almeida, 24 anos, foram mortos em troca de tiros com a policiais do Batalhão de Choque na BR-060, entre o distrito de Indubrasil e a cidade de Rochedo.

O grupo é suspeito de cometer pelo menos três assaltos a comércios da Capital nas últimas semanas. Os alvos foram um açougue na Rua das Bandeiras, na Vila Carvalho, um mercado no Jardim Inápolis e uma farmácia na Rua Amazonas, na Vila Gomes. Os assaltos foram registrados por câmeras de segurança.

Fonte: Dourados News

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *