MS ATUAL

Filha de 14 anos implorou para o pai não ser morto

Eduardo Júnior de Souza, 38, estava com a filha de 14 anos em casa quando foi executado na manhã deste domingo (24) na rua Projetada 14, no Jardim Canaã I. 

Conforme apurado pelo Dourados News, eles estavam dormindo no quarto da casa, quando dois homens encapuzados invadiram o imóvel se identificando como policiais. 

Eles arrastaram a vítima para a sala e lá espancaram Eduardo com vários golpes de coronhada. Em seguida, com a arma, o agressores executaram o morador na frente da filha. A menina chegou a implorar para que o pai não fosse morto. 

Após o crime, os dois assassinos fugiram do local a bordo de carro branco. A perícia está no local e encontrou seis cápsulas deflagradas. 

As causas do crime são investigadas e a polícia trabalha na identificação e localização dos autores.

Fonte: Dourados News

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *