MS ATUAL

Gilmar Mendes afirma que tirar Moro da Lava Jato foi positivo para o Brasil

“Tirar Moro de Curitiba ajudou a normalizar a vida institucional”, disse o ministro

Em entrevista ao programa “Poder em Foco”, do site Poder 360, na noite de domingo (12), o ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), afirmou que retirar o juiz Sérgio Moro da operação Lava Jato “foi positivo para o Brasil”.

“Tirar Moro de Curitiba ajudou a normalizar a vida institucional”, disse Mendes. “Eu até já disse que pode não ter até grandes talentos jurídicos no grupo da Lava Jato, mas tem um grande talento de midiático, de marketing, o que é notório”, disparou o magistrado.

O ministro defendeu ainda que a decisão de tornar Moro ministro foi um acerto de Bolsonaro para a política brasileira: “Uma contribuição importante que o governo Bolsonaro deu ao sistema político institucional brasileiro foi ter tirado Moro da Lava Jato. Eu não sei se foi uma boa opção para o juiz Moro, inclusive do ponto de vista da suspeição, da imparcialidade”.

Mendes também foi questionado sobre a possibilidade de Moro assumir o lugar de Celso de Mello, que terá aposentadoria compulsória no STF em 2021, mas preferiu não opinar sobre o assunto. Ele afirmou, porém, que não acredita que Bolsonaro deva indicar um ministro “terrivelmente evangélico”, como disse que faria.

Fonte: Revista Fórum

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *