Veja quais países pagam os maiores salários para desenvolvedores web

Conhecimento de linguagens de programação podem render mais dinheiro em regiões diferentes

linguagem de programação é internacional. Por se tratarem de ferramentas “globais”, os profissionais destas áreas podem se mudar em busca de oportunidades de emprego. No entanto, a diferença salarial ainda existe e pode impactar na decisão de locomoção.

De acordo com dados coletados pela Yell Business, o Brasil ocupa a décima posição, em termos de salários, de desenvolvedores da web, quando ajustado pelo custo de vida, com o salário médio listado em 33.966 libras (R$ 183.000). Na lista de 25 nações de Yell, apenas 13 países – incluindo África do Sul, Grécia e Irlanda – tinham salários médios não ajustados para desenvolvedores web, inferiores aos do Reino Unido. Confira a lista abaixo:

Reprodução

Os desenvolvedores da China são os vencedores, com um salário de 55.352 libras (R$ 298.348) quando ajustados pelo custo de vida, que é muito menor no país. Embora o salário médio seja semelhante, a diferença significativa no padrão de vida mostra que os profissionais chineses estão muito a frente de outros locais. 

Em outros casos, como EUA e Suíça, mesmo que o custo de vida seja mais alto nesses países, salários mais altos compensam a diferença. Países como Espanha, Portugal e Tailândia, os desenvolvedores podem esperar ganhar menos do que no Reino Unido, mas, como o custo de vida é menor, os desenvolvedores ainda se sentirão mais bem recompensados.

Vale lembrar que os salários podem variar significativamente dentro de cada país e empresa.

Via: Zdnet

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: