Valentões são presos pela Guarda Municipal acusados de violência doméstica

No último final de semana, diversos casos de violência doméstica foram atendidos pela Guarda Municipal de Dourados, de sexta-feira (10) até domingo (12) foram realizadas quatro ocorrências, entre elas agressão física, psicológica e ameaças.

O primeiro caso, ocorreu às 2h da madrugada de sábado (11). A Guarda foi acionada para atender ocorrência de violência doméstica, ao chegar no local a guarnição se deparou com o acusado proferindo palavras de baixo calão a vítima, uma mulher de 45, o acusado se dirigiu aos agentes da Guarda, dizendo que á vitima era vagabunda e que ele que sustentava a casa.

A vítima alegou ter sido agredida verbalmente e fisicamente pelo acusado e que o mesmo teria a chutado, dado socos e puxada pelos cabelos, e que era a terceira vez que sofria agressões do companheiro, de acordo com a vítima o companheiro teria chego bêbado na casa e acordado todos, a mulher teria aberto a porta, momento este que a filha questionou, o que o ele estaria fazendo na casa, já teria uma medida protetiva em seu desfavor, não gostando da indagação avançou na menina, mas a mãe entrou na frente momento este em que levou um soco na cabeça e empurrada veio ao chão, o agressor aproveitando a fragilidade de ambas se armou com uma faca e passou a ameaça-las de morte.

A vítima implorou pela própria vida e de sua filha. Testemunhas escutaram o pedido de socorro e acionaram a Guarda Municipal que de pronto atenderam e deram voz de prisão ao acusado e posteriormente foi encaminhado à Delegacia da Polícia Civil para as devidas providências.

A segunda ocorrência, foi registrada às 13h da tarde de sábado (11). A GM foi acionada para atender ocorrência de violência doméstica.

De acordo com a vítima, mulher de 39 anos, seu esposo teria chego embriagado e começou a agredi-la e quebrado objetos da casa.

A Guarda ao chegar no local se deparou com a vítima fora da residência, onde comunicou que o acusado estava bastante alterado, disse ainda que ela não teria se ferido com as agressões físicas por que seu cunhado teria intervindo.

A GM deu voz de prisão e encaminhou o acusado para a Delegacia da Policia Civil.

O terceiro caso, aconteceu às 19h de sábado (11). Segundo a vítima de 40 anos, relatou que seu esposo de 43 anos teria à agredido.

A mulher disse que estava em casa com sua filha de 17 anos, momento em que seu esposo chegou em visível estado de embriagues começando a arremessar objetos nas paredes de sua residência e foi em sua direção para agredi-la, a filha do casal interviu, momento em que o acusado jogou uma cadeira atingindo a perna da vítima.

Mãe e filha fugiram para a casa de sua mãe e acionaram a Guarda Municipal que ao chegar na residência se depararou com o acusado em posse de uma faca.

Os GMs, conteram o acusado e o encaminharam a Delegacia da Polícia Civil para os procedimentos cabíveis.

O último caso ocorreu às 3h30 de domingo (12), durante patrulhamento preventivo os Guardas Municipais que estavam em uma viatura escutaram gritos de socorro, de imediato atenderam ao pedido onde encontraram uma mulher de 26 anos que disse ter sido agredida pelo seu cônjuge, um homem de 27 anos.

A mulher relatou que o casal teria saído para beber e ao retornar para a casa o companheiro começou a xinga-la e desferir socos em seu rosto e chutes em sua perna e a arrastou pela casa.

O autor das agressões foi preso em flagrante e encaminhou ambos para a Delegacia da Polícia Civil para os procedimentos cabíveis.

Fonte: Dourados Agora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: