Huck é massacrado nas redes ao condenar nazismo depois de ter votado em Bolsonaro

O apresentador Luciano Huck, candidato dos bilionários à presidência da República, se deu mal ao condenar o nazismo de Roberto Alvim nas redes sociais; internautas lembraram que ele foi um dos apoiadores do projeto neofascista de Jair Bolsonaro no segundo turno de 2018

247 – O presidenciável Luciano Huck, que representa os interesses da Globo e dos bilionários brasileiros, como Jorge Paulo Lemann, se deu mal ao tentar surfar na indignação contra a postura nazista do ex-secretário Roberto Alvim. Ao postar sobre o caso, Huck foi massacrado por internautas com a lembrança de que ele foi um dos responsáveis pela ascensão do neofascismo no Brasil ao apoiar Jair Bolsonaro no segundo turno de 2018. Huck também contribuiu para a ascensão do nazismo ao puxar um coro misógico contra a ex-presidente Dilma Rousseff na Copa de 2014. Confira, abaixo, algumas reações à postagem de Huck:

Fonte: Brasil 247

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: