CCZ multa supermercado de Dourados que mantinha “criadouro” de dengue

Apesar das altas incidências e dos 10 casos de óbitos já registrados em Mato Grosso do Sul neste ano em decorrência da dengue, muitas pessoas e também empresas insistem em não realizar os procedimentos de prevenção.

Nesta semana, equipes do CCZ (Centro de Controle de Zoonoses) de Dourados visitaram residências e estabelecimentos comerciais com o objetivo de identificar as principais localidades onde os mosquitos transmissores estão se proliferando. 

Somente em um supermercado foram identificados 67 focos do mosquito Aedes Aegypti, o que pode render multa de mais de R$ 53 mil. O cálculo da multa aplicada para este tipo de crime é feito a partir da multiplicação de 800 reais por cada foco encontrado.  

A coordenadora do CCZ, Rosana Alexandre da Silva, publicou várias imagens em rede social na qual exibem o descuido e até descaso por parte de duas empresas, sendo um supermercado e uma loja de comércio de peças usadas de veículos (12 focos). Indignada, a bióloga denunciou a situação e pediu a ajuda de todos os cidadãos no combate à doença. 

“Alertamos que dengue mata. Estamos fazendo nossa parte. Mas os demais cidadãos têm obrigação de manter seus estabelecimentos: residencial, comercial, terreno baldio, industrial livre de recipientes com água parada, livre do mato, lixo, entulhos. Não espere a multa pra mudar sua atitude”, afirma a coordenadora por meio de rede social. 

DENGUE EM DOURADOS

Embora a incidência de suspeitos de dengue esteja atualmente em conformidade com a densidade populacional de Dourados, 35 pessoas foram diagnosticadas com dengue na cidade em 2020. As informações tem como base dados recentes do Boletim Epidemiológico da SES (Secretaria de Estado de Saúde). 

A última morte registrada em Mato Grosso do Sul aconteceu na quinta-feira (6) vitimando uma professora de 24 anos moradora no município de Corumbá. Ela é a 10 sul-mato-grossense a vir a óbito em decorrência da dengue neste ano. 

Das 79 cidades de Mato Grosso do Sul, 40 apresentam alta incidência de casos de suspeita de dengue. O Estado tem aproximadamente 9 mil casos suspeitos de dengue. Deste total, 2.040 casos já foram confirmados como dengue por análises feitas em laboratório e por critério clínico. 

Fonte: Dourados News

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: