Marinha dos EUA quer desenvolver drones lançadores de mísseis

Veículo terrestre não tripulado poderia carregar uma ampla variedade de mísseis e disparar em alvos no mar

Renato Mota

Corpo de Fuzileiros Navais e a Marinha dos EUA estão de olho no desenvolvimento de um veículo não-tripulado que possa carregar mísseis e torpedos para serem usados contra navios inimigos. Parte do projeto está destacado no orçamento da Marinha norte-americana para 2021, com um pedido de US$ 64 milhões de financiamento.

Os marines estão unindo projetos de veículos já existentes com o programa de mísseis e lançadores baseados em terra e remotamente operados. Os fuzileiros navais estão especificamente interessados no míssil naval Kongsberg/Raytheon enviados ao Pacífico no ano passado, no navio de combate litoral Gabrielle Giffords.

O plano é desenvolver um veículo terrestre não tripulado construído no chassi do Veículo Tático Leve Conjunto do Exército, bem como um lançador “capaz de montar uma ampla gama de sistemas de mísseis”, diz o livro de orçamento da Marinha.

Em janeiro, o principal oficial de aquisições da Marinha, James Geurts, disse que fuzileiros navais e a Marinha estão trabalhando em estreita colaboração. A agenda é desenvolver um protótipo funcional, incluindo o veículo e o lançador, e começar a realizar testes em campo.

O plano é emitir um contrato de desenvolvimento de lançadores no primeiro trimestre de 2021, de acordo com os documentos orçamentários da Marinha. E para o próprio míssil, os documentos pedem um teste de voo da Marinha e do Corpo de Fuzileiros Navais no segundo trimestre de 2021.

Via: Defense News

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: