Coronavírus: destilaria de cachaça do MST produz álcool 70% para hospitais e postos de saúde em Santa Catarina

A qualidade do álcool foi testada em laboratório e o produto foi encaminhado para ser utilizado na rede de saúde

Reprodução/Epagri

De acordo com o site NSC Total, uma família do MST de produtores de cachaça artesanal em Santa Catarina está ajudando a produzir álcool 70% para hospitais e postos de saúde em Santa Catarina. Com a ajuda de profissionais da Epagri (Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina), a destilaria já produziu 30 litros de álcool.

A família de agricultores Girotto, do Assentamento Primeiro de Maio, do MST, uniu-se com a prefeitura de Curitibanos e técnicos da Epagri e da UFSC. O processo aconteceu usando um destilador de fluxo contínuo, uma ferramenta adaptada e difundida pela Epagri para a produção de cachaças artesanais em pequena escala.

Quem teve a ideia foi o professor de química da UFSC em Curitibanos, Cristian Soldi, que contactou técnicos da Epagri para colocar o plano em prática com o destilador da família Girotto.

A prefeitura levou 76 embalagens de álcool 46% até a destilaria, onde o produto foi reduzido para 30 litros de álcool 70%.

A qualidade do álcool foi testada em laboratório pelo professor Soldi e o produto foi encaminhado para ser utilizado na rede de saúde em Curitibanos.

Fonte:Revista Fórum

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: