Desesperados com o coronavírus, moradores do litoral norte de SP incendeiam estrada de acesso de turistas da capital

Enquanto as prefeituras estão impedidas legalmente de bloquear os acessos de turistas, moradores de Barra do Una, praia em São Sebastião (litoral norte de São Paulo), fecharam a rodovia Rio-Santos, incendiando madeiras e restos de construção

Manifestantes queimam materiais e interditam Rio-Santos em protesto contra feriado prolongado em SP (Foto: Helton Romano)

O caos sanitário avança com requintes de negligência e crueldade por parte dos poderes públicos no país. Desesperados com a inépcia das autoridades, moradores do litoral norte de São Paulo colocaram fogo em restos de construção na Rio-Santos para impedir a entrada de turistas.

A reportagem do jornal Folha de S. Paulo destaca que “apesar da tentativa de impedir a entrada de turistas para, segundo eles, evitar a propagação do coronavírus, a maioria não usava máscaras e estava aglomerada no acostamento.”

A matéria ainda acrescenta que “uma viatura da Polícia Militar chegou ao local, mas os policiais não conseguiram diálogo. A ação, que durou aproximadamente 40 minutos, provocou congestionamento de cerca de três quilômetros em ambos os sentidos.”

Fonte: Brasil 247

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: