Bolsonaro volta a atacar governadores antes de reunião

“Imaginem uma pessoa do nível dessas autoridades estaduais na Presidência da República. O que teria acontecido com o Brasil já”, afirmou Jair Bolsonaro a apoiadores no Palácio da Alvorada

Jair Bolsonaro (sem partido) criticou nesta quinta-feira (21), sem mencionar nomes, os governadores de estados e disse que a população terá que “sentir na pele quem são essas pessoas”. Uma videoconferência foi marcada para às 10h desta manhã com chefes de Executivos estaduais. PUBLICIDADE

“Imaginem uma pessoa do nível dessas autoridades estaduais na Presidência da República. O que teria acontecido com o Brasil já. Vocês vão ter que sentir um pouco mais na pele quem são essas pessoas para, juntos, a gente mudar o Brasil. Mudar à luz da Constituição, da lei, da ordem”, disse numa rápida conversa com apoiadores na portaria do Palácio da Alvorada.

Na pauta da reunião, está a sanção do projeto de socorro emergencial aos estados e municípios para o enfrentamento dos efeitos decorrentes da pandemia do coronavírus. De acordo com o projeto aprovado pelo Senado no dia 6 de maio e ainda não sancionado por Bolsonaro, o programa de socorro previsto na proposta destina R$ 60 bilhões aos estados e municípios para compensação de perdas de receita e ações de prevenção.

Críticas a governadores têm sido uma das marcas de Bolsonaro na crise do coronavírus, o que tem aumentado as dificuldades de articulação dele com chefes e Executivos e também com parlamentares do Congresso Nacional. Bolsonaro também violou recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS), ao comparecer a manifestações de rua. 

A maneira de gerenciar a crise da Covid-19 se reflete na popularidade. Pesquisa XP/Ipespe, divulgada nesta quarta-feira (20), mostra que o percentual de brasileiros que consideram o governo  Bolsonaro ruim ou péssimo subiu de 42% para 50% entre 24 de abril e 20 de maio, sendo o dobro daqueles que avaliam a gestão ótima ou boa, dois quesitos que, juntos, alcançam 25%. 

Fonte: Brasil 247

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: