Justiça determina que fundação do governo Bolsonaro apague textos contra Zumbi dos Palmares

A Justiça determinou que a Fundação Palmares deve recolher imediatamente de suas redes sociais e demais canais de comunicação dois textos que atacaram Zumbi dos Palmares. O órgão é presidido por Sergio Camargo, que vinha atacando Zumbi em suas falas

(Foto: Reprodução)

A Fundação Palmares foi obrigada a apagar os ataques que fez à Zumbi dos Palmares. A justiça determinou o recolhimento das publicações. 

A reportagem do jornal Folha de S. Paulo destaca que “na decisão, a juíza Maria Cândida Carvalho Monteiro de Almeida, da 9ª Vara Federal Cível da SJDF​, determinou que os artigos “Zumbi e a Consciência Negra – Existem de Verdade?”, de Luiz Gustavo dos Santos Chrispino, e “A Narrativa Mística de Zumbi dos Palmares”, de Mayalu Felix, devem ser retirados dos canais de comunicação da instituição, sob pena de multa diária no valor de R$ 1 mil.”

A matéria ainda acrescenta que “a juíza deferiu pedido de liminar apresentador pelos deputados Túlio Gadêlha (PDT-PE), Benedita da Silva (PT-RJ), Áurea Carolina (PSOL-MG) e Bira do Pindaré (PSB-MA).”

Fonte: Brasil 247

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: