Ministério recua e admite que casos de Covid-19 continuam crescendo no Brasil

“Parecia que a curva estava chegando a um certo platô, e entre a semana 24ª para 25ª, tivemos um aumento de 22%”, afirmou o secretário de Vigilância em Saúde, Arnaldo Correia, sobre o avanço da Covid-19 no Brasil

O Ministério da Saúde recuou no posicionamento de que o Brasil estaria chegando à estabilidade na notificação dos casos da Covid-19 no país e ressaltou que a curva registrou alta na última semana epidemiológica (14 a 20 de junho), em relação à semana  anterior (7 a 13 de junho). “Parecia que a curva estava chegando a um certo platô, e entre a semana 24ª para 25ª, tivemos um aumento de 22%”, disse o secretário de Vigilância em Saúde, Arnaldo Correia. Segundo reportagem do jornal O Globo, a média diária de casos ao longo da semana passou de 25.381 para 31.009.  

Na segunda-feira passada, a secretária de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde, Mayra Pinheiro afirmou – sem apresentar dados ou estudos – que o Brasil estaria começando a registrar uma queda nos casos do novo coronavírus desde o dia 20 de maio, quando o governo Jair Bolsonaro editou uma orientação sobre o uso da cloroquina no tratamento de infectados pela doença. O uso da cloroquina no combate à Covid-19, porém, não tem comprovação científica. 

Nesta quarta-feira (24), dados do Ministério da Saúde  apontam que o Brasil possuía país 1.188.631 casos confirmados e 53.830 mortos pela Covid-19. O país ocupa a segunda posição no ranking mundial da doença. 

Fonte: Brasil 247

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: