Polícia prende 71 pessoas em manifestação contra medidas de isolamento na Sérvia

Na terça-feira (7), o presidente da Sérvia, Aleksandar Vucic, anunciou o retorno do toque de recolher no país entre a sexta-feira (10) e a segunda-feira (13), em meio ao avanço da pandemia do novo coronavírus no país

Pelo menos 71 pessoas foram detidas durante uma manifestação em Belgrado, capital da Sérvia, na noite da sexta-feira (10).

A informação foi relatada pelo diretor da polícia sérvia, Vladimir Rebic, neste sábado (11).

“Na última noite, 14 policiais ficaram feridos e 71 hooligans foram detidos, e até 130 policiais […] foram feridos desde o início dos protestos violentos”, disse Rebic a repórteres.

O diretor da polícia ressaltou que as denúncias de abuso de força policial serão investigadas.

A manifestação, realizada na região do parlamento sérvio, ocorreu em protesto contra a possibilidade de reimposição de medidas de restrições sociais devido ao novo coronavírus.

Na terça-feira (7), o presidente da Sérvia, Aleksandar Vucic, anunciou o retorno do toque de recolher no país entre a sexta-feira (10) e a segunda-feira (13), em meio à piora no quadro da pandemia da COVID-19 no país.

Após o anúncio, cerca de cinco mil pessoas se reuniram na região central de Belgrado em protesto contra a medida. Desde então, as manifestações vêm acontecendo diariamente. A onda de protestos em Belgrado é marcada por cenas de vandalismo e confrontos com a polícia. Os danos estimados já somam cerca de 1 milhão de euros.

Na noite da sexta-feira (10), os manifestantes destruíram uma cerca colocada próxima do parlamento nacional sérvio e atiraram pedras contra a polícia, que respondeu com gás lacrimogêneo e granadas de efeito moral.

A Sérvia tem 17.728 casos confirmados e 370 mortes causadas pela doença, segundo os dados da Universidade Johns Hopkins.

Fonte: Brasil 247

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: