Dupla coloca motorista de aplicativo no porta-malas durante assalto

Na tarde desta quinta-feira (15), a equipe da Força Tática da Polícia Militar em Campo Grande, localizou  três indivíduos – um deles menor de idade, que roubaram o carro HB-20 de um motorista de aplicativo no bairro Nova lima.

Consta segundo relatos da vítima, que ela foi chamada pelo aplicativo para buscar um cidadão no bairro Noroeste, de lá foram até o bairro Nova Lima onde adentraram no veículo mais dois passageiros, sendo um menor de idade, ato contínuo, começaram a dar coronhadas na cabeça e no rosto do motorista de aplicativo lesionando-o, alegavam que se tratava de um roubo, coagiram a vítima a ingerir bebida alcoólica e a colocaram dentro do porta-malas.

Após o ocorrido, andaram com a vítima por volta de 40min, abandonando-a em uma estrada vicinal, próximo a saída de Rochedinho, com as mãos amarradas. A vítima conseguiu se desamarrar e ligar 190 relatando todo o ocorrido, passando as características dos autores.

Diante dos fatos, a Polícia Militar intensificou rondas por toda a região, ocorrendo em seguida uma denúncia pelo 190 de que um veiculo HB-20 havia sido abandonado na avenida Mato Grosso.

Com base nas informações a equipe Força tática em rondas na Avenida Santa Luiza no bairro Carandá Bosque identificou dois indivíduos em atitude suspeita, que ao avistarem a viatura jogaram um celular no chão e uma réplica de arma de fogo, feito a abordagem e busca pessoal a equipe encontrou no bolso de um deles um pacote de plástico contendo cédulas em dinheiro, sendo um dos assaltantes identificado como menor de idade.

A guarnição encontrou o outro indivíduo nas adjacências do bairro, que foi abordado e posteriormente foi feito o reconhecimento pela vítima, identificando todos como sendo os autores do roubo.

Foi dada voz de prisão pelo crime de roubo e lesão corporal dolosa para os dois autores maior de idade e foi feita a apreensão do menor de idade por ato infracional em conformidade com o disposto no Estatuto da Criança e Adolescente.

Sendo o menor infrator encaminhado a Delegacia Especializada de Atendimento à Infância e Juventude (DEAIJ) e os autores maior de idade entregue na Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário do Centro (DEPAC- Centro).

Fonte: Dourados News

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: