Mais de 200 pessoas terão que fazer teste de HIV por erro em quarentena

As pessoas cumpriam isolamento obrigatório em um hotel no estado de Victoria, na Austrália

(crédito: Douglas Magno/AFP)

Mais de 200 pessoas que cumpriram quarentena em um hotel na Austrália vão ter que fazer testes para doenças transmitidas pelo sangue, como o HIV, hepatite B e C. O motivo foi um erro na hora de fazer testes de glicose nos hóspedes. As pessoas estavam no hotel cumprindo isolamento obrigatório ao chegar no país.

As autoridades do governo do estado de Victoria informaram que várias pessoas utilizaram os mesmos dispositivos de testes de sangue. Os dispositivos são projetados para serem usados várias vezes seguidas, mas pela mesma pessoa. 

Segundo o ministro da saúde de Victoria, Martin Foley, os testes serão feitos de forma preventiva. “Eu preciso enfatizar que este é, de acordo com todos os conselhos clínicos, um risco muito, muito baixo de contaminação cruzada”, afirmou em entrevista coletiva, nesta terça-feira (20/10). 

Não é a primeira vez que os hotéis de quarentena em Victoria tiveram algum problema. Um inquérito na Austrália afirmou que a segunda onda de covid-19 no estado foi provocado por falhas na quarentena obrigatória. Mais de 18 mil pessoas morreram e 768 morreram.

Foi possível chegar a esse resultado após uma rastreamento de todos os infectados. Segundo o relatório, uma única família foi responsável por quase 90% das novas infecções.

O grande problema no modelo adotado pelo estado foi a falta de profissionais de saúde nos hotéis.

Fonte: Correio Braziliense

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: