Bolsonaro recua sobre lista de compradores de madeira ilegal e ataca a França

Jair Bolsonaro afirmou que “não vai acusar nenhum país aqui de cometer nenhum crime ou ser conivente de um crime” ambiental, diferentemente do que ele havia dito

Jair Bolsonaro (Foto: Isac Nóbrega – PR)

Jair Bolsonaro recuou na ameaça de divulgar a lista de países importadores de madeira ilegal do Brasil. “Eu vi aqui que tem vários países com madeira importada anualmente, se pegar aqui tem até a França aqui também”, afirmou durante live na noite desta quinta-feira (19).

“Para a gente avançar no acordo com a União Europeia com o Mercosul, é exatamente na França, estamos fazendo o possível, mas a França em defesa própria nos atrapalha no tocante a isso aí”, acrescentou.

Na transmissão, ele afirmou que “não vai acusar nenhum país aqui de cometer nenhum crime ou ser conivente de um crime, mas empresas que poderiam estar nos ajudando a combater esse ilícito”.

Bolsonaro voltou a culpar indígenas pelo desmatamento no País. “Tem índio que troca tora por cerveja e Coca-Cola”, disse.

Fonte: Brasil 247

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: