Dia da Consciência Negra: 7 em cada 10 pessoas em residências inadequadas são pretas ou pardas

Levantamento do IBGE, divulgado no Dia da Consciência Negra, mostra desigualdade no acesso a moradia de qualidade

(Foto: Agência Brasil)

Sete em cada 10 brasileiros que moram em casas com algum tipo de inadequação são pretos ou pardos, aponta o levantamento Síntese de Indicadores Sociais, do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

A informação é divulgada no Dia da Consciência Negra, em reportagem de Aline Mazzo na Folha de S.Paulo.

A pesquisa usa como base os dados da Pnad (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios) 2019. 

No Brasil, 45,2 milhões de pessoas (21,6% da população total) residiam em 2019 em 14,2 milhões de domicílios com algum tipo de inadequação. Destes, 31,3 milhões eram de cor preta ou parda, ou seja, 69,2%, segundo o levantamento.

O IBGE considera como inadequações a ausência de banheiro exclusivo, a existência de paredes externas com materiais não duráveis, o adensamento excessivo de moradores (mais de três moradores para cada dormitório), o ônus excessivo com aluguel (comprometendo mais de 30% da renda familiar) e a ausência de documento de propriedade do imóvel.

Leia a íntegra 

Fonte: Brasil 247

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: