Grupo ataca unidade policial na fronteira para tentar resgatar líder de facção

A madrugada deste domingo (10) foi de terror para que mora na cidade de Pedro Juan Caballero, no Paraguai, cidade que faz fronteira seca com o município de Ponta Porã. A troca de tiros aconteceu por volta da 1h.

Usando armas de grosso calibre, membros do PCC realizaram um ataque a sede do Departamento de Investigações da Polícia Nacional do Paraguai, conforme o portal ABC Color e do Frontera Seca News.

O objetivo da ação criminosa foi tentar resgatar Giovanni Barbosa da Silva, conhecido como ‘Bonitão’ e apontado como um dos líderes da facção criminosa brasileira.

As primeiras informações que circulam na imprensa do Paraguai apontam que ‘Bonitão’ não chegou a ser levado da sede do Departamento pelo grupo do PCC. Um policial foi usado de refém e envolvidos ficaram feridos durante troca de tiros. Não há informações sobre óbitos.  

Ainda conforme o ABC Color, as forças de segurança do país vizinho solicitaram reforços para tentar blindar outros possíveis ataques durante a madrugada.

Fonte: Dourados News

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: