Ibovespa fecha em queda com ruído político e sobre vacina e dólar cai a R$ 5,31

Infomoney – Ibovespa fechou em queda nesta quarta-feira (20) pelo segundo pregão consecutivo na contramão do exterior.

Enquanto as perspectivas de estímulos nos Estados Unidos, agora oficialmente sob a gestão do democrata Joe Biden, estimularam as compras de ações lá fora, a somatória de incertezas sobre vacinação nacional, preocupação com os lockdowns na China e rumores de que o governo novamente deixará a austeridade fiscal de lado acabam limitando qualquer otimismo por aqui.

Hoje, Biden teve sem sobressaltos sua posse como novo presidente dos EUA. O democrata em seu primeiro discurso reforçou a ideia de um país unido em seu governo, como já falava desde a campanha, prometendo ser um “presidente para todos os americanos”.

Já Donald Trump deixou a Casa Branca horas antes da posse e discursou a apoiadores, porém não insuflou novas manifestações baseadas em suas alegações sem provas de que houve fraude nas eleições.

No radar doméstico, o presidente do Instituto Butantan, Dimas Covas, considera “inevitáveis as bandeiras vermelhas em São Paulo”. Além disso, em meio à falta de insumos importados da China, a Fiocruz adiou de 8 de fevereiro para o início de março a previsão de entrega das primeiras doses da vacina da Universidade de Oxford e da AstraZeneca produzidas no Brasil.

Com o aumento nos contágios pela Covid-19 no País e esses atrasos na vacinação em massa da população se somando à perda de popularidade do presidente Jair Bolsonaro, já se fala na hipótese de novos estímulos apesar do limitadíssimo espaço no Orçamento para tanto.

Enquanto isso, algumas províncias da China voltaram a implementar lockdowns porque o aumento no número de novos casos por dia, que já superou os 100, elevou o temor de um novo surto da Covid-19 no país. Isso às vésperas do feriado de Ano-Novo Chinês, que começa em fevereiro.

Por outro lado, o primeiro-ministro da China, Li Keqiang, afirmou que o governo do país vai manter o suporte necessário para a recuperação econômica neste ano, destacando que o desenvolvimento chinês ainda enfrenta desafios e incertezas.

Vale lembrar que hoje é dia de decisão do Comitê de Política Monetária (Copom), que deve manter a taxa básica de juros, Selic, em 2% ao ano.

O Ibovespa teve queda de 0,82%, a 119.646 pontos com volume financeiro negociado de R$ 28,086 bilhões.

Os principais responsáveis pela baixa foram as ações das blue chips como Petrobras (PETR3PETR4), Vale (VALE3) e bancos.

Enquanto isso, o dólar comercial caiu 0,63% a R$ 5,3108 na compra e a R$ 5,3118 na venda. Já o dólar futuro com vencimento em fevereiro tem perdas de 1,18%, a R$ 5,297 no after-market.

No mercado de juros futuros, o DI para janeiro de 2022 caiu quatro pontos-base a 3,21%, o DI para janeiro de 2023 teve queda de nove pontos-base a 4,93%, o DI para janeiro de 2025 recuou nove pontos-base a 6,45% e o DI para janeiro de 2025 registrou variação negativa de seis pontos-base a 7,13%.

Voltando aos EUA, ontem, Janet Yellen, indicada por Biden para a secretaria do Tesouro, defendeu o pacote de estímulos de US$ 1,9 trilhão planejado pelo novo presidente. “Economistas nem sempre concordam, mas há um consenso agora: sem mais ação fiscal, corremos risco de recessão prolongada. É preciso fazer mais para apoiar a economia americana”, afirmou.

Na Ásia, investidores acompanharam o anúncio sobre a taxa de juros preferencial da China com vencimento em um ano, que ficou inalterada em 3,85%, assim como a taxa de juros com vencimento em cinco anos, que ficou em 4,65%. Os índices estão em linha com a expectativa de analistas e traders ouvidos por uma pesquisa da agência internacional de notícias Reuters.

As ações da gigante do comércio eletrônico Alibaba tiveram alta de 8,52% após o fundador Jack Ma reaparecer nas redes sociais, falando a professores rurais como iniciativa de uma de suas ações de sua fundação de caridade. É sua primeira aparição em semanas fora dos holofotes, à medida que suas empresas sofrem pressões regulatórias.

Fonte: Brasil247

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: